Georgios Papanikolaou

13 de mai de 2019



Hoje no Google Doodles você verá uma homenagem à Georgios Papanikolaou, por seu 136° aniversário!
Você mulher já sabe bem quem é ele não é? 😁 😬
Algo interessante: ele também era protetor dos animais, veja abaixo! 😍
Foi em Nova York, na Universidade de Cornell, que Papanikolaou desenvolveu o exame que o consagrou. Ele estudava células sexuais de porquinhos-da-índia, mas não concordava com o método usado, que exigia que os animais fossem mortos para que alguns óvulos fossem coletados. Por isso ele desenvolveu uma forma de coletar os óvulos observando o ciclo menstrual dos animais. Com um pequeno espéculo – um instrumento que dilata o canal vaginal – ele conseguia ter acesso ao colo do útero, e coletar o material a ser estudado, sem sacrificar as porquinhas-da-índia.
Com o tempo, ele passou a usar o mesmo método nas mulheres, para coletar células do colo do útero para análise. Nas análises no microscópio, ele percebeu que mulheres que tinham câncer de colo de útero tinham células malignas coletadas nesse exame. Até então, os exames usados para detectar esse tipo de câncer eram mais agressivos: um pedaço da pele do colo do útero era cortado e enviado para biópsia. O exame de Papanikolaou era muito menos invasivo, menos dolorido e bem eficaz.
O médico grego conseguiu demonstrar que o exame desenvolvido por ele conseguia diagnosticar a doença em estágios realmente iniciais, antes de qualquer sintoma, coisa que a biópsia não conseguia.
Rapidamente o exame de papanicolau passou a ser adotado em diversos países – e, com isso, o número de mortes causadas por câncer de colo de útero despencou. No Brasil, as Diretrizes Brasileiras Para o Rastreamento do Câncer de Colo de Útero, do Ministério da Saúde, indicam que o exame seja feito em mulheres que têm ou já tenham tido atividade sexual, a partir dos 25 anos.

A Importância da Preparação Perinatal

15 de fev de 2019


Seja qual for a via de parto escolhida pela gestante e seu companheiro, é muito importante que estes iniciem um processo de preparação para o parto e também para a chegada do recém-nascido. Muitas mães têm um parto tranquilo, seja por cesárea ou parto normal, porém enfrentam intensas dificuldades ao lidar com as demandas do novo bebê. Outras passam por experiências traumáticas no momento do parto ou na recuperação, e essas emoções negativas geradas só aumentam sua carga de estresse, o que tornará ainda mais difícil lidar com o recém-nascido e superar a fase crítica do puerpério. O período do pós-parto é sempre uma fase muito difícil na qual o bebê apresenta uma relação de profunda dependência com a mãe. A amamentação é muito prazerosa, porém é também uma fase de difícil adaptação. A mãe tem que se adaptar à demanda do bebê, e nesse processo há muitos obstáculos a serem vencidos.

Situações traumáticas durante o trabalho de parto e nascimento podem ser evitadas com uma preparação adequada, escolhendo os/as melhores profissionais e assistência, organizando seu plano de parto e sua rede de apoio, informando-se em geral sobre todo o processo para poder fazer suas escolhas.

A gestação é um período de intensas mudanças hormonais, assim como o período pós-parto, e a mulher precisará de muito apoio e compreensão, além de auto-cuidado, para enfrentar essas oscilações de humor e sentimentos. Quanto melhor sua preparação, mais informada, confiante e segura a mulher estará para enfrentar a experiência do parto e os desafios da maternidade. Da mesma forma, quanto melhor preparado o casal estiver, menos espaço haverá para conflitos e mal entendidos. O pai que recebe orientação e preparação prévia, pode se tornar muito mais amoroso e participativo.

A Preparação Perinatal com uma profissional qualificada e experiente pode ser muito útil à nova mãe e ao casal nesse período de intensas transformações. Ela propicia aos pais vivenciarem essa nova etapa de suas vidas de forma mais tranquila e confiante, além de fortalecer a parceria entre os dois. Esses são alguns dos temas que poderão ser discutidos nos encontros de Preparação Perinatal: vias de parto e evidências científicas, o apoio da doula, plano de parto, o processo fisiológico do trabalho de parto, intervenções e mitos do parto normal, métodos de alívio da dor no trabalho de parto, puerpério e plano pós parto, primeiros cuidados com o recém-nascido e amamentação.

Se você deseja maiores informações, ou agendar uma consulta com uma profissional especializada em preparação para o parto entre em contato pelo meu link de agendamento do Doctorália.

Hoje eu Saí Sozinha




HOJE EU SAÍ SOZINHA
Cheguei no meu limite
Perdi a paciência com as crianças
Ofendi meu parceiro
Preciso do meu tempo
Eu sou um ser humano
Eu tenho desejos, sonhos
Todos os planos foram adiados
Não posso reclamar disso
O que mais posso querer?
Nem sei mais o que quero
Mas o meu querer não importa muito
Há prioridades, são as pessoas que mais amo
É o paradoxo materno...
Hoje eu saí sozinha
Um tempinho pra ficar comigo
Saudades de mim mesma
Te vejo em breve! ❤

Post Mamãe Natural no Instagram

Lua Cheia, Rituais

21 de jan de 2019



Primeira Lua Cheia do ano pede um ritual de auto-amor e empoderamento, não acha? 
Aproveite a alta energia, repleta de sensualidade, para tirar um momento só para você e fazer uma auto massagem. Reserve um momento só seu, em que não será interrompida(o), coloque uma música ambiente, apague as luzes e acenda algumas velas. Escolha seu óleo corporal favorito (nossa sugestão é Mulher do Fogo, que possui cravo, canela e laranja) e faça em si mesma(o) uma auto-massagem. Dê atenção a cada parte do seu corpo, da ponta dos pés ao couro cabeludo, acolha-se, sem deixar que pensamentos te levem para outro lugar. Cuide de você com muito carinho nesse momento e em todos os outros dias do ano.